Logo Projetos

To translate this page, please see the google toolbox in the footer.

VHF / UHF
Tropospheric
Ducting Forecast

Status

L

1.4

2

3

4

5

6

7

8

9+

By: William Hepburn

Solar Terrestrial
Activity Report

Status

http://www.solen.info/solar/

N3KL Solar Activity Monitor

Solar X-rays:
Status

Geomagnetic Field:
Status

http://www.n3kl.org/sun/noaa.html

Solar-Terrestrial Data

.

http://www.hamqsl.com/solar.html

MUF Map

.

http://www.spacew.com

Clima Mundial
.

http://wattsupwiththat.com

Últimos 20 visitantes:

free counters

  Hoje é: Dia do Arquiteto | Dia do Engenheiro

 tab Chave de calibrar feita com sucata.

Avalie esta página:
 


   Como diz o ditado, a necessidade é a mãe do improviso! hihi.

   Com as paciências cheias de comprar chave de calibrar comerciais e sua baixa resistência e durabilidade, resolvi inventar e construir minhas próprias chaves. O material utilizado foi o mais inusitado possível, coisas que você nem imagina que poderiam virar uma chave e de qualidade tão boa.

   Alguns dos materiais utilizados:

   Capa de fio
   Capa de cabo coaxial de 75 ohms
   Haste de cotonete
   Canudo de milk-shake
   Lamina de estilete
   Restos de chapa de alumínio (de radiador de calor de fonte de pc)
   Vareta de solda de latão
   E outros artefatos conforme a imaginação (ou improviso) permitir.

   A primeira chave que fiz, foi esta para calibrar trimmer Murata e DAU, alem daquelas bobinas que tem o núcleo de ferrite com fenda quadrada igual as que vem no TM241.

   

   Não vai dar pra mostrar fotos da construção passo a passo, porque a coisa vai saindo a medida que vou inventando e usando o que aparece pela frente. Mas da pra fazer uma planta com as idéias.

   Esta ai usei: Capa de fio, capa de cabo coaxial de 75Ω, haste de cotonete, lamina de estilete e alumínio. A capa de fio e de cabo, deve ser escolhida para tudo entrar justo e sem folgas, aplique SuperBonder e cole tudo no lugar conforme abaixo. O bom esta chave é que ela se torna um pouco flexível devido aos materiais empregados. Nota, pelo fato da ponta quadrada ser de alumínio, em algumas bobinas, o alumínio por ser diamagnético provoca alterações na sintonia assim que você tira a chave do núcleo. Talvez seja melhor substituir por um tarugo de fibra de vidro recortado de uma velha placa de circuito impresso.

   A segunda chave foi para calibrar bobinas de FI Toko ou similares. Nesta chave não da pra usar nada metálico pois pode haver influencia no ajuste da bobina. Esta foi feita com um pedaço de placa de fibra de vidro (da sucata) sem o cobre, canudo de milk-shake e Araldite 24 horas.

   Para construir esta chave usei: Uma tira de placa de fibra de vidro que entre dentro do canudo, sem deformar sua forma redonda, já deixe as pontas afiadas com as medidas corretas. O canudo de milk-shake é bem grosso, tem uns 6mm de diâmetro interno. Claro que você pode usar outra coisa qualquer, solte a imaginação hihi. Corte o canudo um pouco maior do que o necessário. Enfie a tira de placa de fibra no canudo (remova todo o cobre antes) e tampe uma das pontas com cola quente. Lembre-se de fazer um pequeno furo com uma agulha na ponta ponta tampada, para sair o ar a medida que você vai injetar cola ai dentro. Faça um furo de cada lado da tira de placa.

   Pegue Araldite 24 horas, misture uns 3ml de cola. Coloque toda Araldite dentro de uma seringa, e a aqueça com um secador de cabelos. A Araldite ao ser aquecida fica bastante liquida, o que ajuda bastante na hora de injetar a cola no canudo. Enfie o bico da seringa (não use agulha, a cola não passa em uma agulha) e vá injetando a cola lentamente, até chegar ao fundo. Faça isso do outro lado pois a cola não vaza com facilidade para o outro lado da tira de placa.

   Faça esta operação muito rapidamente, enquanto a cola esta quente, para ajudar faça essa operação com o jato de ar do secador de cabelo atingindo toda a "gambiarra". Obviamente vai vazar um pouco de cola e você vai sujar a mão e parte externa do canudo. Pra limpar use uma estopa embebida em álcool 99% ou álcool combustível. O álcool amolece a Araldite. Mas procure limpar assim que a cola der uma esfriada, pois ela vai ficar mais borrachenta e facilita bastante.

   Espere de um dia pro outro para a cola curar, corte o excesso das pontas do canudo (corte um pouco da cola também) e a chave esta pronta.

 

  A terceira chave, na verdade é um "calibrador" de bobinas sem núcleo. Como? É... Serve para você descobrir se uma bobina de um filtro PI por exemplo tem mais ou menos espiras que o necessário. De um lado da chave temos um bastão de ferrite, que tem a propriedade de aumentar a indutância de uma bobina. E do outro lado latão, que tem a propriedade oposta do ferrite, ou seja diminuí a indutância.

  Com este calibrador, basta enfiar um lado dentro da bobina e observar o comportamento, tomando como exemplo um filtro PI, se com o ferrite a potencia de saída aumentar, quer dizer que faltam espiras. Se diminuir, teste com o latão. Se com este a potencia subir, a bobina tem espiras a mais. Se tanto com um como com outro material a potencia diminuir, quer dizer que a bobina tem a quantidade correta de espiras. Me fiz entender? :)

  O ferrite retirei de uma sucata de monitor, tem um furo redondo no centro. A peça de latão, catei na minha lata de parafusos e outros trecos. Era um espaçador de alguma placa. O que suporta tanto o ferrite como o pedaço de latão, é um pedaço de vareta de solda de latão. Só tome cuidado para não introduzir muito dentro do ferrite. O pequeno angulo de +/- 30º que foi dado nas pontas é para facilitar a inserção em bobinas que estejam rentes a placa de circuito impresso.

   A próxima chave não tem nada demais, segue o principio das demais chaves. Esta é sextavada, para ajustar aqueles ferrites com furos sextavados. Fiz com as duas medidas mais usuais, 2 e 3mm.

   Usei: Placa de fibra de vidro para as pontas e reforço do corpo (alma), o tubo azul era um cabo de pirulito, aqueles redondos coloridos hihi, e a parte preta já é nossa conhecida capa de cabo coaxial de 75Ω. As pontas foram feitas com pedaços de placa de circuito impresso. A ponta de 2mm usei uma placa que já tinha essa espessura, bastou fazer os ângulos para ficar com a forma sextavada.

   A ponta de 3mm precisou de uma gambiarra a mais. Colei dois pedaços de fibra de vidro de 2mm de forma a ter 4mm (colei com Araldite), e rebaixei na lima até ter 3mm e fiz os ângulos para deixar a peça sextavada. O tubo tinha diâmetro interno de uns 2,5mm. A ponta de 3mm foi preciso rebaixar na parte que é embutida no tubo e a de 2mm precisei fazer um enchimento. Tudo foi colado com Araldite 24 horas.

© 2009 By PY2BBS

Enquete

Como você conheceu o radioamadorismo?

Amigos
Vizinho radioamador
Clube de radioamadores
Revistas
Internet
Não sou radioamador



Resultado Parcial

Enquetes anteriores

10 últimos
QSL's Recebidos


WP4CNU - AO-7


PY4EU - AO-51


PU2WZY - VO-52


PY4LY - VO-52


PY2TZT - Gift


PY5JCI - AO-51


PY7DI - AO-51


CX5IC - AO-51


PU2NJL - Beacon


PU1NEI - Gift

Mais...

10 últimos
QSL's Enviados

WP4CNU - AO-51
L50E - AO-51
YV6BFE - AO-51
YV5MM - AO-51
CX5IC - AO-51
CX2SC - AO-51
PU5MRA - AO-51
PY4ZBZ - AO-7
PY2XT - AO-51
YY6KWD - AO-51
YY6IEA - AO-51

Mais...

Contato Recorde:

PT9JA

José Antônio

VHF SSB

GG67rw > GG49df

554.6 Km

PT9IR

Irineu C. Gudin

VHF Rep

GG68oa > GG29rn

822.6 Km

Seti@Home

Total Credits:

seti@home

Firefox
Get Firefox!

resolução
1024 x 768
True Color

Assinar FEED!
Assinar Feed

bandeira do brasil

go top


Page View:

PageRank:

Última atualização do site em: 02/maio/2018

Todo o conteúdo é © 2003-2018 por PY2BBS, todos os direitos reservados.
Proibida cópia ou reprodução de qualquer texto ou imagem deste site sem a devida autorização por escrito.
Todos os nomes e as imagens utilizadas são marcas registradas de seus respectivos detentores.
PY2BBS não se responsabiliza pelo conteúdo de quaisquer dos sites lincados.

Valid HTML 4.01 Transitional   Valid CSS!   [Valid RSS]