Logo Projetos

To translate this page, please see the google toolbox in the footer.

VHF / UHF
Tropospheric
Ducting Forecast

Status

L

1.4

2

3

4

5

6

7

8

9+

By: William Hepburn

Solar Terrestrial
Activity Report

Status

http://www.solen.info/solar/

N3KL Solar Activity Monitor

Solar X-rays:
Status

Geomagnetic Field:
Status

http://www.n3kl.org/sun/noaa.html

Solar-Terrestrial Data

.

http://www.hamqsl.com/solar.html

MUF Map

.

http://www.spacew.com

Clima Mundial
.

http://wattsupwiththat.com

Últimos 20 visitantes:

free counters

  Hoje é: Dia do Arquiteto | Dia do Engenheiro

 tab Fone de ouvido de alta impedância.

Avalie esta página:
 


   Que idade você dá para o fone de ouvido abaixo?


90 anos? 70 anos? 50 anos???

   Bom a estória deste fone começou no 3º encontro de radioamadores do CRAM, quando o Fabinho PY4AJ me mostrou sua réplica do PARASET. E também ganhei um painel e os variáveis do Rodrigão PY4VR. Isso já foi o suficiente pra querer montar uma réplica do PARASET.

   Uma das coisas que eu fiquei pensando em como conseguir foi o fone de ouvidos "vintage". Um fone de alta impedância também é um objeto de desejo da maioria dos rádio amadores e também dos experimentadores para a construção de um rádio galena. Mas achar um destes, e em bom estado aqui no Brasil é difícil e quando acha é bastante caro! No ebay, até da pra achar alguma coisa em conta, mas tem o complicador que quando são baratos, estão em mau estado, ou o vendedor não envia para o Brasil, ou é o velho e conhecido "As-Is" (venda como esta, no estado).

   Lancei uma pergunta na lista QRP-BR e PICLISTBR sobre este fone acima, e as respostas foram as mais diversas. Muitos amigos enviaram palpites em "private". Houveram chutes de que seria da década de 1920, 1930, década de 1950, que pode ser fone de telefonia, fone de radio galena ou até mesmo ser sobra da segunda guerra mundial. Houve até mesmo palpite que ele seja da marca nacional Agena.

   Veja abaixo um quote da pergunta:

Subject: [QRP-BR] Achado...
Date: Fri, 03 Jun 2011 20:55:46
From: Luciano Sturaro
Pessoal, dando minhas chafurdadas básicas em brechó, topei com este fone de 
ouvido em uma caixa com um monte de coisas velhas, papeis, livros de radio, 
alguns poucos componentes antigos diversos. Acho que era de algum radioamador ou 
pelo menos radio-tecnico mais da antiga, que deve ter falecido.

http://www.py2bbs.qsl.br/temp/fone_velho.jpg (é mesma imagem que abre este artigo)

Arrematei esse fone pela bagatela de R$5,00, foi no escuro e não sabia se 
funcionava. O único problema era o cabo arrebentando plug P10.

Alguém tem uma idéia da idade aproximada disso ai? Medindo a resistência das 
cápsulas dá algo em torno de 800R. Acho que é um fone de alta impedância, correto?

Se o link não abrir, copie e cole (ou digite) o link no navegador.

   Pois bem... Essa estória (do e-mail acima) começou com ajuda do fofoqueiro-mor da QRP-BR, Adinei, PY2ADN.

   Este fone de ouvido, na verdade é um uma réplica! Sim, isso mesmo, RÉPLICA fabricada na minha filial da "ferramentaria lima"! (hihi) É um fone novo em folha! Agora como consegui isso? Ah... rende outra estória. Como eu tenho tendências a ser mão de vaca e não gastar grana, resolvi encontrar um meio de construir uma réplica de um fone de ouvido da segunda guerra mundial, gastando o mínimo possível de dinheiro, apenas R$5,00.

   A intenção desta aham... pequena brincadeira com o pessoal da QRP-BR e PICLISTBR foi para verificar se esta réplica de um fone "vintage" estava boa o suficiente para se passar por tal. O resultado não pode ser o mais interessante. Passou! O texto do e-mail acima, claro que é a mais pura balela. hihi

   A documentação fotográfica da construção esta abaixo, confira:

   Isto ai é uma peça de madeira torneada! Vai fazer as vezes dos auriculares originais de baquelita. O treco preto que esta dentro de um saquinho é uma cápsula de microfone que comprei em um daqueles balaios que ficam os "ofertão" em uma loja de eletrônica de Campinas-SP, pela grande quantidade que comprei destas cápsulas, cada uma saiu por uns R$0,60 e olhe lá.

   A peça de madeira foi torneada de forma que a cápsula de microfone se acomode perfeitamente dentro. O uso de cápsulas de microfone como "falante de fone" é uma sacada até que antiga, pois aproveita-se a alta impedância destas, e colocando duas em série chega-se no patamar de muitos dos fones antigos. No caso aqui, 1200 ohms.

   A madeira é resto da já conhecida fabrica de móveis que tenho aqui no bairro. Aqui os auriculares já estão com a aplicação de seladora de madeira e com a furação para saída de som pronta. E para dar a aparência de baquelita?

   É só pintar de tinta "preto cargo" que é uma tinta semi-brilho, que imita muito bem a baquelita. Foram necessárias umas 8 demão de tinta para chegar no resultado necessário, para ficar bem liso.

   Um detalhe que abandonei, foi o uso desta tampa arredondada de madeira, achei que ficou muito estranho, e olhando os fontes antigos, a maior parte deles usam tampas metálicas, geralmente lata ou alumínio com os dados do fabricante e especificações do fone. Nisso resolvi aplicar uma técnica que já estava querendo testar a tempos... a gravação de alumínio em baixo-relevo por corrosão.

   Estes foram meus primeiros testes com gravação por corrosão. Os discos redondos foram os que acabei usando no fone, a chapinhas retangulares é para o PARASET. O aluminio usado era da tampa de uma sucata de HD de computador.

   Vamos prosseguir com a fabricação do fone e resolver vários outros problemas que vão aparecendo. Um deles era conseguir o antigo fio encapado com tecido... como resolver isso hoje em dia?

   A solução foi comprar um cadarço de coturno em uma lojinha de armarinhos! O comprimento dele é de 1.80 metros, basta cortar aquele acabamento plástico da ponta e amarrar o fio no próprio miolo do cadarço e usá-lo para puxar o fio. O fio que usei foi reaproveitado de um velho mouse de PC, usei um cabo de um mouse PS/2 que tinha o fio mais fino. Ele tem 5 vias.

   Os cabos de saída dos auriculares, usei um cadarço um pouco mais fino, é um que é vendido por metro nas casas de armarinhos e fio de uma sucata de fone de ouvido de um velho walkman. Este cadarço já estava jogado aqui a tempos, era sobra de uma outra coisa que fiz.

   A ferragem do fone foi outro improviso. O arco que prende os auriculares, fiz usando um retalho de chapa de aço inox, para prender isso nos auriculares, parafuso de latão, ilhós preto e bucha plástica de transistor. As porcas externas são de cabeça arredondada, conhecidas como "porca calota".

   O uso dos ilhós, foi para dar um acabamento melhor e servir de reforço para que o esfregar do arco de inox não rale a tinta. Usei um ilhós na saída do fio também para que o atrito com as fibras da madeira não desfie o cadarço.

   Outro problema a resolver era o das barras de ajuste. Acabei usando eixos de impressora! A chapinha que suporta as barras de ajuste também é de aço inox, tanto as barras quanto a chapa eram sucatas. A mola, comprei em uma casa que conserta máquinas de costura. R$0,60 duas molas.

   O arco que segura os dois auriculares, inicialmente fiz com arame retirado de cabide de roupas. Porem acabei trocando por varetas de latão, pois a pressão exercida pelas varetas de aço era muito e acabava causando um grande desconforto. Na foto acima e na abaixo, o fone ainda estava com o arame de cabide. Acabei trocando por varetas de solda de latão que são mais flexíveis.

   Eu precisava encontrar um jeito de fixar os arcos no suportes deslizantes, acabei apelado para solda de prata.

   O sistema de ajuste deslizante, copiei de um fone original. A chapinha interna tem o furo um pouco maior, e a mola se incumbe de inclina-la e morder o eixo. Na ponta do eixo, fiz um pequeno rebaixo de forma a encaixar uma trava que fiz com uma espira retirada de uma mola de um prendedor de roupas.

   Usei tiras de couro costurada para dar acabamento nos arcos, usei couro preto.

   Detalhe da fixação das tampas metálicas que usei no lugar das tampas de madeira que optei por descartar. Veja também a prova do crime e a data de fabricação.

   Então, fica aqui a prova que a necessidade é a mãe do improviso, e que é perfeitamente possível fabricar uma réplica de um fonte antigo, usando boa parte de material de sucata e o coisas que você tem na gaveta, e apenas gastando R$5,00

   Boa parte da inspiração veio daqui: http://oldheadphones.com/crystal/phones/phones.htm

   O fone que eu sei como maior parte das referencias foi este aqui:

   Compare:

 

© 2011 by PY2BBS

Enquete

Como você conheceu o radioamadorismo?

Amigos
Vizinho radioamador
Clube de radioamadores
Revistas
Internet
Não sou radioamador



Resultado Parcial

Enquetes anteriores

10 últimos
QSL's Recebidos


WP4CNU - AO-7


PY4EU - AO-51


PU2WZY - VO-52


PY4LY - VO-52


PY2TZT - Gift


PY5JCI - AO-51


PY7DI - AO-51


CX5IC - AO-51


PU2NJL - Beacon


PU1NEI - Gift

Mais...

10 últimos
QSL's Enviados

WP4CNU - AO-51
L50E - AO-51
YV6BFE - AO-51
YV5MM - AO-51
CX5IC - AO-51
CX2SC - AO-51
PU5MRA - AO-51
PY4ZBZ - AO-7
PY2XT - AO-51
YY6KWD - AO-51
YY6IEA - AO-51

Mais...

Contato Recorde:

PT9JA

José Antônio

VHF SSB

GG67rw > GG49df

554.6 Km

PT9IR

Irineu C. Gudin

VHF Rep

GG68oa > GG29rn

822.6 Km

Seti@Home

Total Credits:

seti@home

Firefox
Get Firefox!

resolução
1024 x 768
True Color

Assinar FEED!
Assinar Feed

bandeira do brasil

go top


Page View:

PageRank:

Última atualização do site em: 02/maio/2018

Todo o conteúdo é © 2003-2018 por PY2BBS, todos os direitos reservados.
Proibida cópia ou reprodução de qualquer texto ou imagem deste site sem a devida autorização por escrito.
Todos os nomes e as imagens utilizadas são marcas registradas de seus respectivos detentores.
PY2BBS não se responsabiliza pelo conteúdo de quaisquer dos sites lincados.

Valid HTML 4.01 Transitional   Valid CSS!   [Valid RSS]