Logo Projetos

To translate this page, please see the google toolbox in the footer.

VHF / UHF
Tropospheric
Ducting Forecast

Status

L

1.4

2

3

4

5

6

7

8

9+

By: William Hepburn

Solar Terrestrial
Activity Report

Status

http://www.solen.info/solar/

N3KL Solar Activity Monitor

Solar X-rays:
Status

Geomagnetic Field:
Status

http://www.n3kl.org/sun/noaa.html

Solar-Terrestrial Data

.

http://www.hamqsl.com/solar.html

MUF Map

.

http://www.spacew.com

Clima Mundial
.

http://wattsupwiththat.com

Últimos 20 visitantes:

free counters

  Hoje é: Dia do Arquiteto | Dia do Engenheiro

 tab PICKit 2

Avalie esta página:
 


  (Atualizado em 03/10/2012)

  Este é um gravador de PIC, um clone meio "capadinho" do PICKit 2 original da microchip que foi feito em forma de mutirão pelo Rogério da Robótica Simples em forma de kit por meio de mutirão, onde como em todo mutirão, junta-se uma quantidade de pessoas interessadas, e confecciona-se a quantidade de kits necessários para todos os cotistas do mutirão.

  Sem sombra de dúvidas este é um dos melhores gravadores de PIC da atualidade. Não irei tecer comentários a respeito do projeto em si aqui, mas sim da construção da caixinha, placa do ZIF e acabamento do painel.

  Bom vamos lá. Eu optei por montar o gravador em uma caixa patola PB112/2, mesmo porque era uma caixa que eu já tinha aqui no estoque ehehe, e de quebra ela é espaçosa o suficiente pra caber a placa, colocar o ZIF de 40 pinos em cima, leds, chave e mais alguma frescura. O resultado final foi esse aqui:

   A frente plástica da caixa foi substituída pela própria placa de circuito impresso que suporta o ZIF, Leds e as chaves. A placa de circuito impresso como sempre foi desenhada no bom e velho TangoPCB para DOS.


Placa Revisão C, com suporte a memorias E2PROM.


   Esta etiqueta que esta sobre a frente da caixa, foi impressa em uma impressora jato de tinha e no papel especial para alta resolução da Epson, código S041117 e protegido por um filme plástico adesivo, vulgarmente conhecido como "papel contact". Papel glossy photo também deve apresentar resultados muito bons.


Nova versão da etiqueta, melhorado o desenho do ZIF

   Para facilitar a colocação do PIC no soquete, fiz esse mapinha colorido indicando a posição de cada um (esse desenho é uma segunda versão, melhorada. Este desenho foi idéia de Eduardo Theves).

   A troca do pino cd Vpp é feito pela chave Vpp Select. Este arranjo do ZIF apesar de meio "doido" permite uma grande quantidade de dispositivos no mesmo soquete com um mínimo de chaves/jumpers. Na verdade este ZIF usa apenas uma chave 2x2 e um jumper (exclusivamente para as 93xx).

   A etiqueta foi colada sobre a placa com cola de contato para papel/isopor/eva. O bom desta cola é que ela não tem água em sua composição. Basta aplicar nas duas superfícies e aguardar a secagem por 10 minutos e colar as duas partes.

   Na parte frontal da caixinha deixei um conector de 6 pinos para encaixar um cabo ICSP, caso opte por gravar o PIC na própria placa ou algum PIC que não seja suportado pelo ZIF. O conector é barrinha de pinos dourados barra de conetor modul fêmea conforme mostro nas fotos mais abaixo.


O conector ICSP foi trocado por conector modul fêmea, que é o correto.

   Detalhe do recorte para o encaixe do conector USB na traseira da caixa eheheh, não passa nem uma folha de papel no encaixe. Quem for observador vai notar que essa caixa esta mais baixa do que a PB112/2, de fato eu cortei um pedaço da caixa para que ela fique mais baixinha...

   O esquema que usei para o ZIF é este aqui abaixo, é uma versão modificada do usado no gravador GTP-USB+.

   Visão interna de como ficou ligado a placa ZIF a placa do PICKIT 2. Fio pra todo lado...


Obs.: A foto desta montagem é com a versão inicial da placa, que não tinha os jumpers para as memórias E2PROM.

   Bom... vamos aos bizús internos. A chavinha usada foi uma do tipo TACT com suporte frontal, o qual desdobrei as aletas as utilizei para soldar na própria placa.

   A barrinha de pinos dupla, removi os pinos da parte inferior (os menores) e dobrei os pinos maiores para dentro, ficando um um formato de "J" para ter uma superfície de soldagem maior.


A barrinha de pinos foi trocada por conector modul fêmea.

   Foto da chave e da barrinha antes de modificadas para ficar mais claro

   A ligação da chave 2 x 2 é esta da foto abaixo:

   Este ZIF foi testado com:

   PIC: 12F628, 12F675, 12F683, 16F628A, 16F688, 16F72, 16F876A, 16F877A, 18F2550 e 18F4550
   EEPROM: 24C32, 24C256, 93C46 e 93C66

   Quem quiser fazer uma montagem igual, aqui tem os arquivos necessários:

  pickit2_label.pdf - Etiqueta frontal da caixa.
  pickit2_zif_pcb.pdf - Layout da placa para colocar na frente da caixinha PB112/2.
  pickit2_zif_sch.pdf - Esquemático da placa ZIF.
 

     Melhorias, Pepinos e "Não funciona".

   Melhorias que podem ser feitas no PICKIT2, placa do mutirão da PICLISTBR, feito pelo Rogério Poças.

   1) Substituir os diodos 1N4148 por BAT43 ou qualquer outro diodo schottky. Isso prove uma queda de tensão menor, o que faz o VDD do PicKit2 ficar mais próximo dos 5V.

   2) Acrescentar um capacitor de 47 ou 100uF em paralelo com o C6. Em algumas MB vagabundas tem tanto ruido no +5VSB que faz o PicKit2 perder a comunicação com muita freqüência. Este capacitor da uma "limpada" nesse lixo.

   3) Ajuste fino do VPP. Por causa de usar resistores de 5%, você pode dar um puta azar (eu dei...) de pegar dois resistores que causem um VPP muito baixo. Existem duas abordagens. Alterar o valor de R4 e R5 caçando em um lote de resistores, os melhores valores para conseguir 12,5V. Talvez resistores de 1% sejam uma boa pedida. Ou seja radical e coloque um trimpot de 10K em R4 e ajuste o VPP para 12,5V.

   4) Para ganhar mais um tiquinho de tensão no VDD, você pode substituir o Q5 por um BSP254A ou um ZVP2106A. Ambos são FET e tem uma queda de tensão menor que o BC558.

   5) Acrescente um resistor de 10K entre os pinos VDD e GND do conector ICSP, sem este resistor, ocorre um pequeníssimo vazamento de tensão no circuito, que causa erro no teste de VDD. Use um resistor SMD 0508 entre os pinos, fica minúsculo e resolve o problema.

   Pepinos, problemas que podem te deixar maluco sem saber pra onde atirar.

   1) Cuidado com o cabo USB! Tem cabo USB por ai que serve melhor como resistor! Use preferencialmente cabo USB 2.0, daqueles transparentes que da pra ver que tem malha trançada.

   2) Portas USB de notebook tendem a ter uma limitação maior de corrente. Neste caso procure economizar o máximo de corrente  possível. Dependendo do tipo de led usado, o consumo de corrente pode ser diminuído sem prejuízo do brilho dos leds, subindo o valor do resistores limitadores (R13, R17 e R18) de 470K para 1K ou até mesmo 2K2.

   3) O capacitor C9 é problemático! Atenção especial a ele. Use um capacitor de boa qualidade, e que tenha ESR baixa. Tive um problema com este capacitor aqui, pois acabei usando capacitor de sucata e ele estava com a ESR alta.

   5) O capacitor C5 merece atenção. Cuidado com seu valor! Ele faz a filtragem do VUSB interno do PIC. O valor correto é 0.47uF (470nF), use um capacitor de poliéster de 63 ou 100V, por ser pequeno.

   "Não funciona"

   1) Confira se montou tudo certo, não trocou transistores, e se o cabo USB não esta jogando corrente fora. Meça a tensão em cima do capacitor C6. Se estiver abaixo de 4,5V você certamente tem problemas com o cabo USB ou com a porta USB que não fornece a corrente necessária.

   2) Devido a limitações desta versão reduzida do PicKit2, a opção "calibrate VDD" não funciona. Esta versão o VDD é fixo em 5V. Se tentar fazer a calibração, o erro abaixo será exibido:

   3) Na opção "Troubleshoot" você deve ter os seguintes resultados, clique no botão Teste e medido com um multímetro no pino VDD do conector ICSP deve ter uma tensão acima de 4,5V. O ideal é o quanto mais próximo de 5V você puder ter.

   4) Ainda na opção "Troubleshoot" clique em Next, Next. Na tela de teste do VPP, você deve ter uma tela igual abaixo. Clique no botão Test e meça o VPP no conector ICSP. O ideal é ter 12 a 12,5V.

   5) Ainda na opção da tela acima, você pode testar o /MCLR On e o /MCLR Off, veja se o pino VPP liga e desliga.

   6) Na ultima tela pode ser feito um teste nos pinos PGC e PGD. Setando os pinos em High (VDD) você deve ter a mesma tensão medida lá atras em VDD. Se tiver um osciloscópio, pode fazer o teste de 30kHz.

 

Enquete

Como você conheceu o radioamadorismo?

Amigos
Vizinho radioamador
Clube de radioamadores
Revistas
Internet
Não sou radioamador



Resultado Parcial

Enquetes anteriores

10 últimos
QSL's Recebidos


WP4CNU - AO-7


PY4EU - AO-51


PU2WZY - VO-52


PY4LY - VO-52


PY2TZT - Gift


PY5JCI - AO-51


PY7DI - AO-51


CX5IC - AO-51


PU2NJL - Beacon


PU1NEI - Gift

Mais...

10 últimos
QSL's Enviados

WP4CNU - AO-51
L50E - AO-51
YV6BFE - AO-51
YV5MM - AO-51
CX5IC - AO-51
CX2SC - AO-51
PU5MRA - AO-51
PY4ZBZ - AO-7
PY2XT - AO-51
YY6KWD - AO-51
YY6IEA - AO-51

Mais...

Contato Recorde:

PT9JA

José Antônio

VHF SSB

GG67rw > GG49df

554.6 Km

PT9IR

Irineu C. Gudin

VHF Rep

GG68oa > GG29rn

822.6 Km

Seti@Home

Total Credits:

seti@home

Firefox
Get Firefox!

resolução
1024 x 768
True Color

Assinar FEED!
Assinar Feed

bandeira do brasil

go top


Page View:

PageRank:

Última atualização do site em: 02/maio/2018

Todo o conteúdo é © 2003-2018 por PY2BBS, todos os direitos reservados.
Proibida cópia ou reprodução de qualquer texto ou imagem deste site sem a devida autorização por escrito.
Todos os nomes e as imagens utilizadas são marcas registradas de seus respectivos detentores.
PY2BBS não se responsabiliza pelo conteúdo de quaisquer dos sites lincados.

Valid HTML 4.01 Transitional   Valid CSS!   [Valid RSS]